São Bento Notícias - Notícias na hora da Região
Prefeitura de São Bento do Sul

Prefeitura de Rio Negrinho faz distribuição de kits de alimentação para estudantes

Itens da merenda escolar são distribuídos às famílias neste momento de pandemia

 

Por conta da suspensão das aulas presenciais por conta do novo coronavírus, as prefeituras foram autorizadas pelo Governo Federal a distribuir os alimentos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) aos alunos da Rede. A ação visa complementar a alimentação dos alunos e, consequentemente, das famílias com maior vulnerabilidade.

 

Em Rio Negrinho, estão sendo distribuídos neste mês de junho um total de 2.717 kits com itens da Agricultura Familiar, como frutas e verduras, além de 500 kits com gêneros alimentícios não-perecíveis. “A medida beneficiou as famílias de maior vulnerabilidade dos estudantes matriculados a Rede Municipal, que deixaram de comparecer às escolas a partir da suspensão das aulas como medida de enfrentamento ao Covid-19”, explica a secretária de Educação, Darli Frota Tandalo.

 

Para o prefeito Julio Ronconi, a medida colabora com as famílias neste momento de pandemia, que passam a receber alimentos em suas casas, bem como contribui com a agricultura familiar de Rio Negrinho, que pode fornecer seus itens para a merenda escolar. “Estamos levando essa alimentação escolar para dentro das famílias que mais necessitam, ainda mais nesse momento em que as escolas estão fechadas e que ainda não têm previsão de voltarem”, ressalta o prefeito.

 

A distribuição segue critérios do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e da Comissão Local Intersetorial de Alimentação Escolar (CLIAE), que priorizam estudantes que estejam em maior vulnerabilidade social. Além disso, um questionário por meio da plataforma da Educação foi disponibilizado às famílias, para verificar quais tinham interesse em receber os kits de alimentação.

 

No bairro Vista Alegre, Crislaine Souza possui três filhos, e elogiou a entrega do kit de alimentos. Atualmente, apenas seu esposo está trabalhando, apertando o orçamento familiar. “Vai ajudar bastante, ainda mais que estou sem emprego no momento”, disse ela.

 

Outra família beneficiada foi de Kátia Adriane Alves. Com quatro filhos, ela enfrenta dificuldades por conta da pandemia. “Será muito bom, no momento só meu marido está trabalhando. Estamos fazendo uns bicos, mas não dá a mesma renda. Vai ser muito bom para as crianças”, frisa Kátia.

 

Transporte dos alimentos

O transporte dos kits está sendo feita por veículos da Secretaria de Educação, com acompanhamento de membros do Conselho da Alimentação Escolar, em dias e horários predefinidos para garantir que as famílias não se aglomerem e que todas as demais orientações sanitárias sejam preservadas para a segurança de todos. “O mesmo protocolo será realizado quando as famílias forem convocadas para retirar o kit da agricultura familiar”, orienta Darli.

%d blogueiros gostam disto: